Pinzgauer Wickler/pt

Aus Dancilla Wiki
Version vom 1. Februar 2017, 00:25 Uhr von Roswitha Ziel (Diskussion | Beiträge) (Tanzbeschreibung eingestellt)

(Unterschied) ← Nächstältere Version | Aktuelle Version (Unterschied) | Nächstjüngere Version → (Unterschied)
Wechseln zu: Navigation, Suche

De Ramseiden próximo a Saalfelden/Pinzgau

Observação

O Pinzgauer Wickler é uma forma coreografada que se fixou desta forma na preservação da dança. As figuras são baseadas na tradição regional das danças de Wickler. Wickeln significa enrolar, envolver.

A partir do registro destas figuras tradicionais a dança em geral acontece de forma livre, de acordo com o gosto e capacidade de cada um. De acordo com Ilka Peter em Salzburger Tänze, 2. Auflage, 1988, S. 139, a dança tem seu charme pela improvisação por parte dos mais habilidosos enquanto um sequencia fixa demonstra a falta de criatividade. Também há pouco deslocamento, ficando cada par praticamente no lugar.

Posição inicial

Frente a frente, Posição cruzada na frente, direita por cima

Passos

Independente se for dançar com deslocamento ou mais no lugar, a cada compasso 3 passos curtos, leves

Descrição da dança

Esta descrição traz 5 figuras, sendo que na descrição original de Ilka Peter somente 2 figuras estão descritas, no caso as figuras 2 e 3.

Figura 1

Rodear anti-horário

Compasso 1-3 Inciando com o pé de fora, a moça contorna o rapaz 1 vez em sentido anti-horário, o rapaz sendo o eixo do par

Compasso 4 A moça passa na frente do rapaz, da direita para a esquerda e nisto gira uma vez em sentido anti-horário

Compasso 5-8 O par continua se rodando com o rapaz como eixo, a moça agora caminhando de costas até que, após 1 ½ voltas ela novamente está no lado de fora. Rapaz e moça se voltam frente a frente e soltam as mãos esquerdas.

Figura 2

Primeira enroscada

Compasso 1: O rapaz levanta as mãos direitas até na altura da cabeça, gira a moça 1 vez em sentido anti-horário, em seguida abaixa as mãos até no quadril. Os dois fazem um passo curto para a esquerda.

Compasso 2: Sob seu braço direito o rapaz pega com a esquerda a esquerda da moça e gira a moça, as mãos elevada sobre a cabeça, 1 vez em sentido horário. Os dois fazem um passo curto para a direita, assim ela vem a ficar um pouco a esquerda dele.

Compasso 3: O rapaz solta a mão direita e gira a moça sob a mão esquerda mais uma vez em sentido horário. Ele gira ¼ de volta em sentido anti-horário. A moça se desloca em sentido anti-horário até estar do lado esquerdo do rapaz.


Compasso 4: A moça segue caminhando em sentido anti-horário ao redor do rapaz até chegar ao lado direito dele, ele abre espaço indo para a esquerda. O rapaz pega a direta da moça, as esquerdas estão no seu quadril esquerdo, o braço esquerdo da moça nas costas do rapaz.

Compasso 5-8 O par gira em sentido horário no lugar, 2 vezes, rapaz sendo o eixo do par, ela indo de costas. No final do 8º compasso o rapaz solta a mão esquerda, ela gira em sentido anti-horário e os dois vem a ficar frente a frente.

Figura 3

Segundo enrosque

Compasso 1: Posição cruzada na frente, direita por cima. Juntar todas as mãos no quadril esquerdo do rapaz. Ele se inclina para frente e gira sob os braços 1 vez em sentido horário.

Compasso 2: O rapaz volta a se erguer, levanta as mãos e gira ela 1 vez em sentido anti-horário

Compasso 3-4: O rapaz solta a mão esquerda e gira a moça mais 2 vezes em sentido anti-horário. No gira ela avança para o lado esquerdo do rapaz. O rapaz faz ½ giro em sentido anti-horário, abaixa a mão direita, toma a esquerda da moça nas suas costas e colocas as mãos esquerdas no seu quadril esquerdo. Esta seria a mesma posição que no compasso 4 da figura 2.

Compasso 5-8: Conforme compasso 5-8 da figura 2 o par gira em sentido horário no lugar com o rapaz como eixo, porém fazem 2 ¼ de voltas. Ela se desloca de costas. No final do compasso 8 o rapaz solta a mão esquerda e retornam para a posição frente a frente, ele girando em sentido horário e ela anti-horário.

Figura 4

Janela direita anti-horário

Compasso 1-7: Posição cruzada na frente, direita por cima, janela direta, para isto o rapaz levanta o braço direito com as mãos unidas e gira a moça 2 vezes em sentido horário. Os braços direitos ficam unidos na horizontal, os antebraços na vertical para cima. Observar para que o ombro direito deve estar junto ao cotovelo direito do parceiro. As mãos esquerdas estão unidas transpassando a janela, apoiadas no braço direito. Nesta posição rodear em sentido anti-horário.

Compasso 8: Desfazer a janela levantando as mãos e giro da moça 2 vezes em sentido anti-horário, vindo a ficar frente a frente, braços cruzados, direto por cima.

Figura 5

Canga dupla anti-horário

Compasso 1-8: O rapaz levanta os braços e gira a moça 1 ¼ de volta em sentido horário, enquanto ele faz ¼ de giro sentido anti-horário, parando os dois lado a lado com a mesma frente. O rapaz coloca as mãos direitas na nuca da moça e as esquerdas na sua nuca. O par gira em sentido horário no eixo do par. No compasso 8, levantar os baços, a moça giraem sentido anti-horário e abaixam os braços para a posição cruzada na frente, direita sobre a esquerda.

Sequência

A dança reinicia com a figura 1. No final, dependendo da música, pode haver uma parte de valsa para finalizar.

Descrição original

  • Heft Tanzbeschreibungen: Aqui, pode ser baixado o livro completo em PDF

Fonte

CD

Partituras

Video

Em outros idiomas