Sprötzer Achterrüm/pt

Aus Dancilla Wiki
Version vom 3. Januar 2018, 12:05 Uhr von Roswitha Ziel (Diskussion | Beiträge) (Tanzbeschreibung eingestellt)

(Unterschied) ← Nächstältere Version | Aktuelle Version (Unterschied) | Nächstjüngere Version → (Unterschied)
Wechseln zu: Navigation, Suche

Esta dança foi registrado em Sprötze na Charneca de Lüneburg. É conhecida em diversas regiões da Alemanha, muitas vezes somente como Achterrüm.

Posição inicial

4 Pares em cruz, posição aberta

Descrição da dança

Parte A1

Compasso 1-8 e 1-8 repetição: Círculo dos 4 pares em sentido horário e anti-horário

Parte B

Compasso 9-12: Os parceiros se voltam frente a frente, 1 passo de Achterrüm iniciando com a direita: moças para dentro, rapazes para fora; em seguida retornando ao lugar

Compasso 13-16: conforme compasso 9-12

Compasso 9-16 (rep.): Corrente inciando com a direita, em passo de Schottisch até a posição contrária. Sem soltar a mão esquerda do contra parceiro, tomar ainda a direita do parceiro e fechar o círculo – rapazes voltados para o centro, moças para fora.

Parte C

Compasso 17-20: 1 Passo de Schottisch para o centro, rapazes fazem o passo menor para que se forme uma estrela; e 1 passo de Schottisch para fora.

Compasso 21-24: Conforme compasso 17-20

Compasso 25-32: Conforme compasso 9 - 16 repetição, corrente até a posição inicial

Nas próximas repetições da dança as parte B e C permanecem iguais, apenas a parte A altera conforme abaixo.

Partes A - repetições

A2: Aos pares giro engatado durante 8 compassos sentido horário e 8 compassos sentido anti-horário

A3: Círculo das moças em passo cruzado pela frente, somente sentido horário

A4 Círculo dos rapazes com as mãos nos ombros em passo cruzado por trás somente em sentido horário

A5: Círculo final como círculo inicial

Outras descrições

Descrição em inglês

Fonte

Partituras

54b) Sproetzer Achterruem.PNG

54a) Achterruem.PNG

CD

Video

Deutsche Tanzliste

Esta dança foi adicionada à lista de danças do DGV - Deutschen Gesellschaft für Volkstanz e.V. - em 2015.

Em outros idiomas